100%

Comitiva parlamentar que esteve em Brasília no mês de fevereiro considera positivo o andamento dos sete projetos protocolados para Barra Velha.

Comitiva parlamentar que esteve em Brasília no mês de fevereiro considera positivo o andamento dos sete projetos protocolados para Barra Velha. Foto: assessoria da Câmara de Vereadores

O vereador Marcelo Nogaroli (MDB) no uso da palavra livre na sessão do dia 07 de março, em nome dos demais vereadores que visitaram a capital federal, considerou positiva a ida da comitiva parlamentar para Brasília em fevereiro. A comitiva formada pelo presidente Tainha (PPS) e dos vereadores Thiago Pinheiro (PSB), Nando (PP), Mauricio Simas (MDB), Marcelo Nogaroli (MDB), estiveram visitando os principais gabinetes dos deputados e senadores em busca de recursos para o município, além dos sete projetos já protocolados pelos Edis ano passado.

A decisão tomada pela comitiva de ir a Capital Federal ganhou força diante do agravamento das cheias que aconteceram na primeira quinzena de fevereiro alagando diversos bairros. O município decretando estado de emergência fez com que os parlamentares pressionassem suas bases em busca de investimentos para a cidade.
 
Nogaroli informou que os setes projetos que já estão cadastrados devem ser periodicamente cobrados pelos vereadores através de seus deputados pela importância que cada um tem para Barra Velha. E se necessário, retornar a Brasília quantas vezes for preciso, pois não podemos permanecer de braços cruzados enquanto o país todo briga por recursos. Precisamos mostrar nossa representatividade através desta comitiva que bravamente cobrou de seus representantes, respostas imediatas na liberação destes recursos, destacou.
 
Um dos projetos mais aguardados, é o que beneficiará os moradores da Rua Paraná e 611, assim como os bairros Los Angeles, Vila Nova e Icaraí.  Cerca de R$ 2 milhões e 600 mil irão contemplar uma das regiões afetadas pelas cheias. Nogaroli acompanhou ano passado o Coordenador da Defesa Civil local, Elton Cunha, onde ambos cadastraram o projeto na Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil que fora analisado e aprovado posteriormente. Tenho esperança de sermos contemplados o quanto antes, pois nós sabemos do impacto positivo que trará aos moradores dessa região, lembrou.
 
Entre outros projetos, o vereador afirmou que existem recursos protocolados na área de esportes, Assistência Social, Secretaria de Obras e Planejamento. A manutenção da ponte em Itajuba é um outro projeto importante cadastrado pelos parlamentares. Quanto a decisão dos parlamentares irem no mês de fevereiro, Nogaroli alertou que não adianta protelar a ida no início do ano, pois todos nós sabemos que se não nos posicionarmos agora, reivindicando as emendas parlamentares, não será em julho ou dezembro que conseguiremos recursos. É preciso agir, disse ele.
 
 
Segundo Nogaroli, o grupo de vereadores que estiveram em Brasília, se surpreenderam com a quantidade de vereadores e prefeitos que estavam visitando a capital. A maioria dos municípios da região norte do estado, representados por seus  prefeitos e vereadores, realizavam os mesmos pedidos.  Ele lamentou somente a ausência do prefeito Valter, pois segundo os vereadores, a maioria dos Deputados e Senadores, sabedores do decreto de emergência de Barra Velha, acreditavam que o prefeito estivesse acompanhando os parlamentares na busca destes recursos.

Em reunião com o Secretário da Defesa Nacional da Defesa Civil, o Coronel Alexandre Lucas Alves, os vereadores apontaram a necessidade de abreviar o quanto antes a liberação do projeto da Rua Paraná, mas o Secretário apresentou a dificuldade orçamentária no âmbito nacional para atender os municípios e sugeriu aos Edis, ao realizarem as audiências com os Deputados que representam Santa Catarina, pudessem apresentar a urgência desta liberação.

Para Nogaroli, a diminuição dos orçamentos das secretarias em Brasília se dá por conta do projeto da reforma da previdência que se encontra na Câmara dos Deputados. É uma maneira de barganhar os votos, mesmo sabendo que esse tipo de comportamento não faz parte do contexto político do atual Presidente, ouvimos isso de todos os Deputados e Senadores que visitamos. Enquanto não for aprovada a reforma, os recursos também não sairão do papel, infelizmente. Muda partido, muda representante, mas o sistema continua o mesmo, declarou o parlamentar.
O vereador Marcelo, em nome de todos os vereadores que fizeram parte da comitiva, finalizou dizendo que o papel do vereador foi fundamental para que todos os recursos sejam contemplados ao município.
 
 
 

Protocolos desta Publicação:Criado em: 15/03/2019 - 17:50:34 por: Cristiano André Zonta - Alterado em: 15/03/2019 - 17:50:34 por: Cristiano André Zonta

Notícias

Prefeitura desgovernada.
Prefeitura desgovernada.

Vereador falou sobre a falta de responsabilidade e conhecimento do prefeito em administrar Barra Velha.

Moção de Congratulações
Moção de Congratulações

Tenente da Polícia Militar de Barra Velha Ruy Florêncio Teixeira Junior, recebeu na noite desta quinta feira (07), a moção de congratulações nº 18/2017 por proposição do vereador Mauricio Simas, subscrita pelos demais vereadores.