100%

Responsabilidade, compromisso e ação.

Responsabilidade, compromisso e ação. Foto: assessoria da Câmara de Vereadores

O vereador Doutor Jorge Borghetti (DEM) no uso da palavra livre na sessão ordinária da terça feira (19), lamentou profundamente às famílias que foram atingidas pela forte chuva que ocasionou alagamentos por diversos bairros da cidade. Refletiu todas as consequências causadas pela enchente e alertou sobre a responsabilidade e o compromisso da gestão.

Dr. Jorge ao falar do coordenador da Defesa Civil, Elton Cunha o chamou de “Herói dos pés descalços”. Segundo o vereador o coordenador se torna destaque neste triste episódio, pois na pasta que coordena de extrema importância ao município, se quer existe estrutura funcional. A razão pela qual eu falo dele é por saber que mesmo encontrando tantas dificuldades e diante da impotência de fazer algo a mais para a população, o que não faltou foi compromisso e responsabilidade, acrescentou.

Segundo o vereador, nem ao menos um carro que pudesse transitar em todas as situações emergências, como a que vivemos no ultimo domingo, a Defesa Civil local possui. Precisamos buscar parcerias já que o governo não tem condições de adquirir. Borghetti sugeriu resgatar algum veículo que atenda às necessidades da Defesa Civil junto a Polícia Federal que recolhe diariamente inúmeros veículos. Seria importante analisar de que forma legal poderia ser feita essa doação, sugeriu.

E sobre as irresponsabilidades, o vereador acrescentou que a mesma ignorância que nos cerca, associada as pessoas que não compartilham suas experiencias e que continuam a propagar a mesma ignorância e que deve ser mudada. Eu culpo os governantes que não fiscalizam como também, parte da população que executa obras sem nenhum tipo de planejamento com o jeitinho brasileiro na intenção de esconder alguma irregularidade. Não são todos, sabemos disso, mas eles existem, declarou.

Se o exemplo vem de casa, na própria rua onde resido existem irregularidades pela falta de competência dos engenheiros que na época se quer preocuparam-se com a vasão da água. E assim foi construída toda a nossa cidade. E mais uma vez lembro que com o poder da ignorância daqueles que tiveram a oportunidade em fazer corretamente, não buscaram por soluções técnicas como também não tiveram a humildade em procurar como de fato poderiam executá-las já que a cidade vive em pleno desenvolvimento. São mais de 30 anos que aquelas mesmas tubulações se encontram do mesmo jeito e pra ajudar foi jogado uma lama asfáltica e esqueceram de concertar a parte debaixo que está podre e nós sabemos que não vai durar muito tempo. Com toda a pavimentação asfáltica que existe e a não ampliação das valas de esgoto, não precisa chover forte porque alaga do mesmo jeito e nestes dois anos de mandato quase todos os meses venho chamando atenção para o problema, alertou o vereador.

Propomos em uma audiência pública que, se o problema é a falta do dinheiro neste momento, que fizessem então o desassoreamento, para desafogar o esgoto em pontos estratégicos, ou seja, os mais críticos. Desde 2017 cobramos e não recebemos se quer respostas.

A câmara de Barra Velha só existe para o povo e pra mais ninguém. Ao menos as pessoas ainda nos procuram para dialogar expondo seu problema, critica ou sugestão. Para o poder executivo nós somos invisíveis. Esse tipo de comportamento reflete também para a sociedade, já que o gestor municipal não usa da sua humildade, sabedoria e não aceita falar com ninguém, portanto, não merece estar governando. Existe uma neurose vadia dentro do município. É muita gente que não entende nada, dando opinião naquilo que não foi chamado, sem exercitar a busca da informação e o município não detém recursos o suficiente para manter todos os serviços. O problema com a saúde pública é um deles. Uma vergonha nossa cidade não ter um pronto socorro, uma educação básica e o comprometimento com a sociedade, acrescentou.
Quanto ao assunto “carnaval cancelado” pela equipe que neste momento se encontra sensibilizada com os alagamentos, concordo plenamente com a atitude moral adotada, porém não aceito que esta mesma equipe um dia após a forte chuva, já se encontrava na arena de futebol lotada comemorando e festejando a classificação dos times que disputaram as partidas. Cancelamento do carnaval é pura demagogia. Não pensaram no comercio que precisa movimentar a economia em um feriado que recebe milhares de turistas, finalizou.
 
 
 
 

Protocolos desta Publicação:Criado em: 22/02/2019 - 15:21:31 por: Cristiano André Zonta - Alterado em: 22/02/2019 - 15:23:38 por: Cristiano André Zonta

Notícias

Prefeitura desgovernada.
Prefeitura desgovernada.

Vereador falou sobre a falta de responsabilidade e conhecimento do prefeito em administrar Barra Velha.

Moção de Congratulações
Moção de Congratulações

Tenente da Polícia Militar de Barra Velha Ruy Florêncio Teixeira Junior, recebeu na noite desta quinta feira (07), a moção de congratulações nº 18/2017 por proposição do vereador Mauricio Simas, subscrita pelos demais vereadores.