100%

Vereador Marcelo aproveita visita do prefeito Valter ao Legislativo e cobra obra na lagoa

O vereador Marcelo Nogaroli (MDB) aproveitou a visita do prefeito Valter Zimmermann (PSD) ao Plenário Getúlio Bittencourt, da Câmara de Vereadores de Barra Velha, durante a sessão ordinária desta terça-feira, dia 20 de março, e reforçou o pedido de atenção da Municipalidade para a necessária obra de dragagem da lagoa.

Marcelo, que junto do vereador Alex Sandro Correia dos Santos, o Alex Palmital (PSD), intermediou a vinda do equipamento do Governo do Estado em 2017, na cidade de Tubarão, reivindicou que a Prefeitura priorize a obra para esse ano de 2018. Marcelo defende que a Câmara lutou para trazer a embarcação, mas a execução da obra é tarefa do Poder Executivo.

“Prefeito Valter, contamos com o senhor para executar esse projeto”, destacou o parlamentar, dirigindo-se ao chefe do Poder Executivo, que estava na sessão juntamente com o secretário de Administração, Alexandre de Oliveira. Marcelo frisou à assessoria de imprensa que o desassoreamento terá valor reduzido por conta da não necessidade de locação da embarcação.

“Quanto Barra Velha vai ganhar com essa obra? As cidades da região, que também poderão aproveitar o equipamento?”, questiona. “Não tivemos custos para liberar a draga, mas sempre informamos que há custos para operar. Nós vereadores estamos fiscalizando, e esperamos que a Prefeitura cumpra seu papel”, destaca ele.

Marcelo também elogiou o prefeito pela retomada da obra de construção do segundo molhe, o molhe sul, na foz do Rio Itapocu, e pelo projeto de custeio mensal das atividades do Corpo de Bombeiros Voluntários de Barra Velha, aprovado nesta terça-feira, dia 20, com o voto do próprio Marcelo e de seu companheiro de bancada, o Professor Juliano Bernardes (MDB).  

Saiba mais

Marcelo e Alex informam que a Licença Ambiental Prévia (LAP) já foi emitida pela Fundação do Meio Ambiente de Barra Velha, a fim de que a dragagem seja executada. O próximo prazo é a liberação da Licença Ambiental de Instalação (LAI), e em seguida, a Licença Ambiental de Operação (LAO).

A previsão é que essa draga execute o desassoreamento de 5,5km da extensão da lagoa de Barra Velha. O equipamento chegou a Barra Velha no dia 6 de novembro do ano passado, após a liberação da Cidasc. Marcelo reforça importância do apoio da Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville (ADR), através da secretária Simone Schramm, do presidente da Cidasc, Enori Barbieri, do servidor aposentado da estatal, Dilvo Tadeu Pereira, articulando a liberação da embarcação.

Estima-se a necessidade de quatro a cinco operadores para a execução dos trabalhos. A princípio, o projeto prevê a retirada de sedimentos da lagoa iniciando na praça Lauro Carneiro de Loyola até a foz (boca da barra) do Rio Itapocu. “Projeta-se a criação de um calado de 4m de profundidade por 20m de largura”, detalha Nogaroli.

 

 

 

Câmara de Vereadores ■ Assessoria de Comunicação

■ Fone (47) 99921.4527 ou 3446.7800, ramal 808

■ Texto: Juvan Neto – Jornalista SC 01359 JP

■ Informação Pública 042/2018

Notícias

Revisão biométrica obrigatória.
Revisão biométrica obrigatória.

O eleitor que não fizer a revisão biométrica terá o título de eleitor cancelado e poderá ter o CPF suspenso pela Receita Federal. Prazo vai até o próximo dia 28 de junho de 2019.

Sessões da Câmara Mirim iniciam amanhã
Sessões da Câmara Mirim iniciam amanhã

Eles foram eleitos no final do ano passado através das eleições escolares e agora assumirão o mandato de um ano. O projeto chega a sua 5ª legislatura com o objetivo de ensinar princípios básicos da política para jovens alunos.