100%

Doutor Jorge diz que “ruas estão intransitáveis”, mas aprova cronograma de pavimentação

O vereador Jorge Mário Borghetti, o Doutor Jorge (DEM), destacou em plenário da Câmara de Vereadores de Barra Velha, o anúncio da Prefeitura local, confirmando um amplo cronograma de pavimentações a serem desenvolvidas no Município – entre asfaltamentos e calçamentos. De acordo com o vereador e médico, a Prefeitura executou um mapeamento das principais vias públicas a serem melhor qualificadas com a urbanização, a fim de reverter a situação hoje vivida na cidade, a qual, segundo Doutor Jorge, é marcada “por ruas abandonadas e intransitáveis”.

O vereador, que vem cobrando a ação da Prefeitura visando não só a limpeza da cidade, mas também as obras de pavimentação e drenagem, frisou ainda que aprova as ações do Município visando reverter esse quadro, e vê com bons olhos a listagem de ruas a serem pavimentadas – projeção que chega a cerca de 60 trajetos. “Algumas ganharão capa asfáltica; outras calçamento. Isso melhora o tráfico, melhora a estética da cidade”, pontuou o parlamentar.

Doutor Jorge lembra que a Secretaria de Planejamento divulgou dia 14 de março a relação das ruas a serem pavimentas em 2018, seja por meio do programa de pavimentação comunitária, contribuição de melhorias e recursos próprios da Prefeitura, emendas parlamentares ou Governos do Estado ou Federal. Atualmente, está em fase de conclusão a Rua Ravache, e recebe pavimentação a Rua João Anselmo Brenneisen. Já a Rua Nair Borba Maia está recebendo a drenagem para conclusão da pavimentação. Todas elas em sistema de pavimentação comunitária. Outra rua que teve o projeto aprovado é a João José Pereira, em Itajuba.

Muitas destas vias são pedidos do próprio Doutor Jorge, e também dos oito demais parlamentares, que em plenário, aprovaram outras seis vias de Itajuba para pavimentação comunitária: as ruas Altair Amorim, Rosa Maria Tomaz, Rondônia, Paraíso, 2074 e 1068.

Em breve, o Legislativo recebe os projetos de pavimentação com recursos próprios de 12 ruas no centro, como a Paraná, a Pedro Alcântara de Freitas, Mato Grosso, Rio de Janeiro e Conselheiro Onofre Fernandes, entre outras. A Rua Professor Ary Nogueira dos Santos, acesso ao Morro do Cristo, também está nos planos da Prefeitura para ser asfaltada.

Ainda no sistema de pavimentação comunitária, estão prontos os projetos de 19 ruas dos bairros Icaraí, Itajuba e Los Angeles, como a Walter Ross da Silveira, José Taborda, Botafogo, Gildo Cabral, Horácio Tomaz, Lúcio Brugnago, Paulina de Souza Freitas, entre outras, e a importante Emma de Carvalho dos Santos, paralela da Avenida Thiago Aguiar, no Icaraí.

A Rua Acácio Gasino de Borba Coelho, via da Sociedade Recreativa de Barra Velha, receberá tubulação para controlar as cheias causadas pelo aumento do nível do Rio Veludo. No caso de Itajuba, a adesão acontece dos moradores acontece para iniciar o trabalho em outras nove ruas. Doutor Jorge ainda alega que há sete ruas na Cohab do São Cristóvão também previstas para asfaltamento, como a Jorge Amado, Vinícius de Moraes, Machado de Assis e José de Alencar, entre outras.

As ruas Bento José Luiz e Colon, que ligam o centro ao São Cristóvão, estão com obras em andamento. A Rua José Gomes de Lucena, no centro, receberá pavimentação asfáltica completa, já a Guatemala, também no centro, receberá capa asfáltica.

Descida da Rua Paraná

O médico e vereador também se manifestou acerca da informação da Prefeitura de que assim que o projeto de requalificação das ruas do centro for iniciado, a Rua Paraná terá seu sentido invertido, possibilitando a descida direta às praias central e da Península. “Essa inversão é importante. O turista não vai mais precisar procurar uma praia já quase em Balneário Piçarras”, destacou Jorge, que há anos é crítico da decisão do governo anterior em dificultar o acesso à orla central.

 

 

Câmara de Vereadores ■ Assessoria de Comunicação

■ Fone (47) 99921.4527 ou 3446.7800, ramal 808

■ Texto: Juvan Neto – Jornalista SC 01359 JP

■ Informação Pública 045/2018

 

 

Notícias

Revisão biométrica obrigatória.
Revisão biométrica obrigatória.

O eleitor que não fizer a revisão biométrica terá o título de eleitor cancelado e poderá ter o CPF suspenso pela Receita Federal. Prazo vai até o próximo dia 28 de junho de 2019.

Sessões da Câmara Mirim iniciam amanhã
Sessões da Câmara Mirim iniciam amanhã

Eles foram eleitos no final do ano passado através das eleições escolares e agora assumirão o mandato de um ano. O projeto chega a sua 5ª legislatura com o objetivo de ensinar princípios básicos da política para jovens alunos.