100%

Alex Palmital, do PSD, pede que comunidade seja consultada sobre permanência da Casan

■ O presidente da Câmara de Vereadores de Barra Velha, Alex Sandro Correia dos Santos, o Alex Palmital (PSD), defende que a definição acerca da continuidade ou não da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) em Barra Velha seja feita em sintonia com o desejo popular. Em discurso na sessão legislativa de 3 de abril, no Plenário Getúlio Bittencourt, Alex destacou que a continuidade da estatal, que assinou em 2013 um contrato de renovação de concessão, é um tema complexo.

■ Palmital defendeu a promoção de uma audiência pública, com a comunidade, para que vantagens e desvantagens da permanência da Casan sejam discutidas. A proposta do presidente do Poder Legislativo expressa certa sintonia com o pensamento do prefeito Valter Zimmermann (PSD), que defende o rompimento do contrato.

■ Na visão do presidente da Casa de Leis, o histórico da Casan em Barra Velha a desfavorece. “Uma empresa que lucra um milhão por mês, com apenas 14 ou 15 funcionários, alega que não tem lucro, demora para atender um simples pedido de conserto na comunidade”, observou o vereador, alegando não confiar, pelo menos em parte, nos números fornecidos pela estatal. “Eu acredito que esteja dando lucro. Rever o contrato seria fazer com que esse lucro ficasse com a cidade, com a Prefeitura, para investir em obras. Mas se o Município pegar, que coloque gente competente, técnica, para tocar”, sugeriu.

■ O presidente ainda destacou que é natural que a empresa estatal alegue problemas relativos ao lucro. “Casan não vai falar se está necessariamente lucrando com Barra Velha, mas creio que o Município pode pegar [o sistema] e fazer melhor que a Casan, que ficou 30 anos prometendo esgoto e não fez”, completou.

■ Para Alex, a decisão de se seguir com a empresa estatal deve ser da maioria da população, através da consulta pública. “Se tomarmos decisões equivocadas, numa decisão ou em outra, o povo participou da escolha”, observa o presidente.

■ Palmital só faz uma ressalva: ele também defende a manutenção da equipe de servidores da estatal caso haja uma municipalização ou a empresa do Estado saia definitivamente da cidade. “Os servidores da Casan são técnicos e dominam o sistema, prestam excelente trabalho. Entendo que o importante seria recontratá-los e evitar suas transferências ou demissões”, finaliza.

 

Câmara de Vereadores ■ Assessoria de Comunicação
Fone (47) 99921.4527 ou 3446.7800, ramal 808
Texto: Juvan Neto – Jornalista SC 01359 JP
Informação Pública 054/2018

Notícias

Prefeitura desgovernada.
Prefeitura desgovernada.

Vereador falou sobre a falta de responsabilidade e conhecimento do prefeito em administrar Barra Velha.

Moção de Congratulações
Moção de Congratulações

Tenente da Polícia Militar de Barra Velha Ruy Florêncio Teixeira Junior, recebeu na noite desta quinta feira (07), a moção de congratulações nº 18/2017 por proposição do vereador Mauricio Simas, subscrita pelos demais vereadores.