100%

Tainha presta apoio à Rua Colon e pede rigor na fiscalização de aterros particulares em BV

Uma Prefeitura não pode aprovar um aterro superior a dois metros de altura ao lado de uma comunidade que está geograficamente situada abaixo desse mesmo aterro, sem garantir estrutura e fiscalização acerca do escoamento das águas no local. Esse foi o alerta do vereador Eduardo Peres, o Tainha (PPS), na sessão legislativa desta terça-feira, dia 4 de abril, no Plenário Getúlio Bitencourt, da Câmara de Barra Velha.

Eduardo prestou apoio aos cerca de 20 proprietários de imóveis atingidos pela água e lama na Rua Colon, lateral do Bar do Boró, no bairro São Cristóvão, durante a forte enxurrada ocorrida no sábado anterior à Páscoa. Os moradores, cerca de 15 proprietários, estavam presentes à sessão da Câmara.

Tainha frisou que é inadmissível o que aconteceu na Rua Colon – antiga extensão da Rua David Pedro Espindola, a qual teve o nome alterado e que inicia como transversal da Rua Bento José Luiz, no São Cristóvão, e de demais ruas das proximidades. “Autorizaram um aterro que parece o morro do Cristo, e não fiscalizaram a questão do escoamento de água. É claro que aí toda a comunidade iria sofrer com a lama em suas casas”, destacou Tainha à Assessoria de Imprensa do Poder Legislativo.

De acordo com o vereador, deve ser urgente a ação da Prefeitura visando encontrar soluções e garantir a drenagem da Colon e seu entorno, região que passa por profundas transformações, desde os tempos da instalação da Parada Havan, mas também com os aterros particulares.

O pedido de urgência com relação à região foi feito diretamente pelo vereador, que acompanhou a reunião com os proprietários ocorrida logo no final da sessão legislativa, na presença do próprio prefeito Valter Zimmermann (PSD). Tainha também reivindicou ao presidente da Câmara de Vereadores, Alex Sandro Correia dos Santos (PSD), o Alex Palmital, que designe vereadores para uma reunião com os proprietários dos aterros, visando cobrar soluções.

“A Prefeitura pode e deve fazer a parte dela, se preciso notificando os proprietários, mas eu estou disposto a representar a Câmara nessa discussão, buscar o diálogo com esses responsáveis pelos aterros, conscientizar que não pode se colocar alto volume de barro em grandes áreas, sem se preocupar com quem mora do lado”, sentenciou o parlamentar.

 

Câmara de Vereadores ■ Assessoria de Comunicação
Fone (47) 99921.4527 ou 3446.7800, ramal 808
Texto: Juvan Neto – Jornalista SC 01359 JP
Informação Pública 053/2018

Notícias

Prefeitura desgovernada.
Prefeitura desgovernada.

Vereador falou sobre a falta de responsabilidade e conhecimento do prefeito em administrar Barra Velha.

Moção de Congratulações
Moção de Congratulações

Tenente da Polícia Militar de Barra Velha Ruy Florêncio Teixeira Junior, recebeu na noite desta quinta feira (07), a moção de congratulações nº 18/2017 por proposição do vereador Mauricio Simas, subscrita pelos demais vereadores.