100%

Marcelo defende continuidade da Casan e reafirma proposta de R$ 125 mi em investimento

O vereador Marcelo Nogaroli (MDB) ratificou em plenário a disposição da Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) em investir um total de R$ 125 milhões na instalação do sistema de água e esgoto sanitário de Barra Velha. Munido de documentos recebidos da estatal, o vereador apresentou dados sobre o tema na sessão legislativa do dia 3 de abril, no Plenário Getúlio Bittencourt, da Casa de Leis.

De acordo com Marcelo, seu posicionamento não foi “em defesa de uma empresa, mesmo que estatal”, mas do projeto já existente, e do contrato assinado em 2013, entre Prefeitura e Casan, que na visão dele, representa um adiantamento, um compromisso palpável para que a cidade finalmente tenha seu esgoto tratado, uma das principais demandas apresentadas pela população.

“Nós estamos preocupados com a qualidade de vida, com o planejamento, a qualidade de vida do nosso povo. Com o projeto do tratamento de esgoto, teremos mais investimento, senão vamos perder para municípios vizinhos”. O parlamentar destacou que entende que o prefeito pode ter outros pensamentos, mas que deveriam ser no sentido de cumprir o planejamento já iniciado, atualizado e revisado em 2016.

Marcelo apresentou documentos, como o Plano Municipal desenvolvido pela estatal, atualizou dados e destacou que a própria Casan revisou a proposta de investimento de R$ 90 milhões para R$ 125 milhões. O parlamentar do MDB cobrou do prefeito Valter Zimmermann (PSD) que acione a Fundação Municipal do Meio Ambiente (Fundema), para dar a liberação que precisa para que a estatal inicie a obra projetada da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que já possui área comprada em Itajuba.

Também será necessária uma declaração de utilidade pública dessa área, a ser igualmente redigida e assinada pelo prefeito. O presidente do Conselho Municipal de Saneamento, Cleber de Souza, e o presidente da Fundema, Leandro Haupt, também estavam em plenário, assim como o coordenador da Defesa Civil, Elton Cunha.

Nogaroli questionou que se há uma empresa garantida, não há motivo para se buscar outra – um novo contrato demandaria em desenvolvimento de novo projeto, novo plano municipal, novas áreas para a ETE, e retardaria a obra. “E nosso mandato, junto do atual governo municipal, já tem um ano e três meses, o tempo está correndo”. Ainda de acordo com o parlamentar, muitos perguntam se a Casan tem como fazer esse investimento, e Marcelo responde que, por sua estrutura e pelo contrato assinado, a Casan quer fazer.

Em apartes, vereadores como Thiago Pinheiro (PSB) e Jorge Mário Borghetti, o Doutor Jorge (DEM) manifestaram apoio a Marcelo, no sentido de cumprir o contrato. Borghetti inclusive lembrou que “essa história de trocar de empresa a gente já conhece”, e que experiências vividas em Barra Velha, antes, “não foram boas”.

O próprio Marcelo citou que em Balneário Piçarras, o projeto avançou, o esgoto sanitário está sendo executado e a ETE, construída, no bairro Santo Antônio. Balneário Barra do Sul também avançou. Já em Araquari, onde a Prefeitura rompeu com a Casan, a estatal conseguiu, por via judicial, retornar ao comando. “E em Araquari, não tem um contrato como o já firmado em Barra Velha. Nós em Barra Velha temos diagnóstico de acompanhamento e atualização de metas. Não podemos correr o risco de cair numa pendenga judicial, onde toda a cidade perderá”.

Questionado pelo vereador Maurício de Simas (PSD) se a Casan já não “teve muito lucro” sem desenvolver o esgoto de Barra Velha, durante 30 anos, Marcelo concordou. “De fato. Mas eram outros tempos, outro contrato, bem diferente’, destacou. “A Casan teve muito lucro, sei disso. Agora é hora dela investir, é obrigada pela força do contrato”, observou.

O posicionamento de Marcelo resultou de reunião local com o Departamento de Planejamento da estatal, na semana passada, quando o vereador efetuou a cobrança sobre esse repasse de informações. A reunião ocorreu com o diretor de Planejamento da estatal, Carlos Alberto Coutinho, e também com o gerente local, Edenézio de Souza, o gestor de projetos Luciano Boss e o procurador Haneron Victor Marcos.

 

Câmara de Vereadores ■ Assessoria de Comunicação
Fone (47) 99921.4527 ou 3446.7800, ramal 808
Texto: Juvan Neto – Jornalista SC 01359 JP
Informação Pública 050/2018

Notícias

Segunda sessão mensal da Câmara Mirim.
Segunda sessão mensal da Câmara Mirim.

Aconteceu na terça-feira, dia 23 de abril, a segunda sessão da Câmara Mirim dos Vereadores Mirins às 15h no plenário Getúlio Bittencourt na Câmara de Vereadores de Barra Velha.

Nota de Pesar
Nota de Pesar

O Presidente da Câmara de Vereadores de Barra Velha, vereador Eduardo Peres - o Tainha, em nome de todos os vereadores e funcionários, manifesta com profundo pesar, o falecimento do ex-prefeito do município de Barra Velha, Sr. Samir Mattar ocorrido na tarde desta quarta-feira, 1º de maio de 2019.