100%

Vereadores aprovam locação de sala para que Barra Velha não fique sem agência dos Correios

Os vereadores de Barra Velha aprovaram por unanimidade, no último dia 3 de maio, o custeio do aluguel de uma sala comercial por parte da Prefeitura de Barra Velha, que abrigará a nova agência dos Correios na cidade. O apoio dos parlamentares, bem como o interesse da Prefeitura, deu-se após a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) ameaçar fechar a agência no município, alegando problemas financeiros e estruturais.

Mesmo com a locação aprovada pelos parlamentares, Barra Velha perderá o setor de entregas de correspondências dos Correios, o qual será instalado em São João do Itaperiú. O presidente do Poder Legislativo, Alex Sandro Correia dos Santos, o Alex Palmital (PSD), juntamente com os demais vereadores, destacou apoio ao projeto da Prefeitura, mas lamentou o corte de investimentos por parte da estatal do Governo Federal.

A princípio, a alegação dos Correios é que enfrentava problemas para renovar a locação do imóvel atual da agência, localizado na Rua Paraná, devido a impedimentos “logísticos e jurídicos” – de onde surgiu a versão de que São João seria o melhor local para abrigar os serviços. O comunicado e o pedido de custeio do aluguel foi feito dia 21 de março pelo gerente regional de atendimento dos Correios, Estevan Afonso Fenner da Silva, solicitando a cessão de um imóvel. Os vereadores e o prefeito Valter Zimmermann (PSD) desenvolveram o projeto em regime de excepcionalidade, visando evitar que a agência fosse transferida.

Pelo projeto de lei 41/2018, a Prefeitura está autorizada a destinar R$ 2.000 mensais para o custeio da locação da sala comercial, pelo período de 12 meses. Alex Palmital frisou, entretanto, que após esse período, é importante que a ECT solucione seus problemas internos, e não mais recorra aos recursos do Município, que oneram uma Prefeitura que já trabalha com dificuldades orçamentárias.

Já o vereador Marcelo Nogaroli (MDB), no seu discurso do dia 3, expressou sua preocupação e também do médico e parlamentar Jorge Mário Borghetti (DEM), acerca da má notícia de que Barra Velha perderia sua agência. Vários servidores dos Correios acompanharam a sessão legislativa na noite do dia 3, atentos ao futuro e ao destino da agência.

“Soubemos que os correios estão em crise, e cogitaram de levar a agência para São João do Itaperiú”, destacou Marcelo, demonstrando não entender os motivos do que chamou de retrocesso. “Não por ser São João menor do que Barra Velha”, destacou o vereador. “Mas porque essa situação mostra o problema de gestão que há anos os correios vêm passando no Brasil”, acrescentou, revelando que pelo menos 70 cidades catarinenses estão ameaçadas de terem agências fechadas.

Marcelo e os demais vereadores preparam o encaminhamento de um ofício à ECT pontuando a importância dos Correios para Barra Velha, e lamentando a situação. No ofício, eles acentuam a importância da agência para a história da cidade, e ainda reivindicam que a locação por parte da Prefeitura seja transitória, garantindo a continuidade dos serviços na cidade, e manutenção do quadro funcional da estatal.

Em Barra Velha, na nova sala a ser locada, no início da Avenida Thiago Aguiar, no centro, permanecerá o serviço de recebimento de correspondências, e também do Banco Postal. Já o departamento de entregas será mesmo deslocado para São João do Itaperiú.

 

 

Câmara de Vereadores

Assessoria de Comunicação

■  Fone (47) 99921.4527 ou 3446.7800, ramal 808

Notícias

Revisão biométrica obrigatória.
Revisão biométrica obrigatória.

O eleitor que não fizer a revisão biométrica terá o título de eleitor cancelado e poderá ter o CPF suspenso pela Receita Federal. Prazo vai até o próximo dia 28 de junho de 2019.

Sessões da Câmara Mirim iniciam amanhã
Sessões da Câmara Mirim iniciam amanhã

Eles foram eleitos no final do ano passado através das eleições escolares e agora assumirão o mandato de um ano. O projeto chega a sua 5ª legislatura com o objetivo de ensinar princípios básicos da política para jovens alunos.