100%

Prof. Juliano pede diretamente ao prefeito Valter cumprimento da data-base do funcionalismo

O professor e vereador Juliano Bernardes (MDB) aproveitou a presença do prefeito Valter Zimmermann (PSD) em plenário, na sessão legislativa desta quinta-feira, dia 24 de maio, e cobrou diretamente do chefe do Poder Executivo o cumprimento da promessa de garantia da data-base para que o funcionalismo público barra-velhense tenha a reposição salarial. O professor trouxe à tona o assunto pela terceira vez, e novamente lamentou a transferência da data-base de janeiro para maio, além da revogação dos índices para o cálculo da reposição.

“Nós tivemos 28 dias de greve durante o governo anterior, de Claudemir Matias. A data-base que ganhamos foi uma vitória, mas acabou abolida no atual governo, num projeto do qual não aprovei”, detalhou o parlamentar. “Foi uma conquista adquirida com muita luta, mas que nos foi retirada. O governo atual prometeu ano passado, quando propôs essa perda, que não aceitava ‘gatilho’ para dar conceder reajustes aos servidores, e que sempre honraria com os seus compromissos”, considerou.

Juliano expressou preocupação pelo fato de que o mês de maio está terminando e o Poder Executivo não se manifestou sobre o cumprimento da promessa. “É uma situação bastante preocupante, pois é um direito dos servidores públicos que estão no aguardo. A cobrança está sendo feita. Cabe ao Executivo assegurar o cumprimento desse direito aos servidores, e é necessário que o governo execute a prometida reforma administrativa”, pondera o parlamentar.

Diante do prefeito, Professor Juliano foi respeitoso, mas sincero: “Quem se comprometeu foi o senhor. Não foi o vereador Juliano”, observou, novamente reivindicando a reposição. Na mesma sessão, Professor Juliano detalhou o resultado das oficinas de trabalho promovidas pelo Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) de Barra Velha, elogiando o trabalho desenvolvido por esse setor da Prefeitura.  

Saiba mais

A data-base no mês de janeiro, para todo o funcionalismo, foi uma conquista dos servidores municipais depois de uma inédita e desgastante ocorrida em 2015, que praticamente paralisou toda a Prefeitura, durante o governo anterior. Após essa vitória, entretanto, o governo atual optou por propor a transferência da data-base para maio – proposta que, no Poder Legislativo, teve voto contrário por parte do Professor Juliano.

 

  

Câmara de Vereadores ■ Assessoria de Comunicação

■ Fone (47) 99921.4527 ou 3446.7800, ramal 808

■ Texto: Juvan Neto – Jornalista SC 01359 JP

■ Informação Pública 078/2018

 

 

Notícias